nome blog

23 fevereiro 2015

Quando começar a introduzir alimentos sólidos na alimentação do bebe.

Meu bebe já entrou nos 5 meses mais quis fazer esse post falando sobre os 4 meses por que já comecei a dar sucos para ele e começou experimentar algumas frutinhas como uva,maça e banana e vou começar a fazer papinha de frutas também então encontrei esse post no site guia infantil que da dicas de mães de primeira viagem como eu,então nesse aqui vamos falar sobre quando começar, então vamos lá: 

A partir do 4º mês de vida, o bebê começa a comer alimentos mais sólidos.
É a hora da papinha de frutas (pela tarde) que corresponderá a uma merenda com adição de vitaminas naturais e fibra que são importantes para a saúde do bebê.
Poucos dias depois de haver começado com a papinha de frutas, poderá incluir à 1 ou 2 mamadeiras do dia umas colherinhas de farinha SEM glúten.
O glúten é uma proteína vegetal que contém cereais como o trigo, aveia, cevada e centeio.
Bebê come alimentos sólidos

Alimentos mais sólidos

Dos 5 aos 5 meses e meio de idade se inicia a primeira papinha salgada na alimentação do bebê que consiste num purê de verduras com frango. Inicia-se com 60-70g de frango para depois ir aumentando nos dias seguintes até os 100-200g.
Paralelamente vai-se reduzindo o número de mamadas por dia e já pode mudar a fórmula de início (tipo NAN 1) para um leite de continuação (tipo NAN 2). Uma vez cumprido o 6º mês de vida se amplia a variedade de farinha escolhendo entre as que contém glúten.

Quando dar outros alimentos para o bebê? 

Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam as mães dar o peito até o bebê ter 6 meses. Depois, o leite materno não contém mais, sozinho, todos os nutrientes de que o bebê precisa, especialmente o ferro, por isso outros alimentos passam a ser necessários para complementar a dieta. 
Mesmo que seu bebê só tome leite fórmula, e não leite materno, os especialistas recomendam esperar até os 6 meses para dar papinhas. 
Um dos motivos é que o sistema digestivo de bebê ainda não está preparado para digerir outras comidas, e outro é que o organismo do seu filho estará mais forte para combater eventuais infecções ou alergias decorrentes da alimentação variada. 
Caso a mãe precise voltar a trabalhar e tenha que introduzir novos alimentos antes dos 6 meses, visite o seu pediatra antes, principalmente se o bebê tiver nascido prematuro. Na prática, muitos médicos acabam orientando a introdução de alimentos por volta dos 4 meses. 


As primeiras papinhas de frutas do bebê

 É um passo importante para ele e para você. Sigam algumas receitas:
Ingredientes (para 1 pessoa)
- 100 g de manzana
- 75 g de pera 
- 100 g de polpa de laranja 
- 75 g de banana

Lavar previamente as peças de fruta antes de manuseá-las. Uma vez lavadas, cortá-las em pedaços tirando o miolo. Colocar tudo no liquidificador, e logo em seguida dar a papinha ao bebê para não perder as vitaminas. Poderá incluir 2-3 colheres de cereais sem glúten (até o 6º mês cumprido) e com glúten (a partir do 6º mês), segundo o gosto do bebê.
Esta papinha contribuirá ao seu bebê, 160 Kcal, 2g de proteínas, 1g de gorduras, 35g de hidratos de carbono e 6 g de fibra. É aconselhável escolher as frutas maduras para uma melhor digestão. Pode-se ferver as frutas durante 1-2 minutos para melhorar o gosto das crianças resistentes a tomar fruta. A introdução de outras frutas não é aconselhável durante o primeiro ano de vida, pois podem causar alergias aos bebês.

créditos: guia infantil 

2 comentários:

  1. A minha vizinha morria de medo de alimentar a filha dela com alimentos sólidos, ela passou a ter essa alimentação com quase 1 ano de vida, acredita?
    Parabéns pelo blog!

    http://soucacheada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem que estimular a mastigação dos bebes se não vai demorar o desenvolvimento, mais e assim mesmo, agente que é mãe de primeira viagem tem medo de tudo.Obrigado pela visitinha..

      Excluir

Seu comentário é muito importante.

 
Layout criado e codificado para o blog Fabiana Carvalho | Cópia proibida © 2015