nome blog

24 março 2017

Transição do berço para a cama

Oi gente tudo bem, hoje vamos falar de transição o Adryan já está com 2 anos e 6 meses e já estou pensando no quartinho dele na casa nova, quero colocar uma caminha mais quero montar um quarto no estilo montessoriano com as coisas na altura dele mais  lúdico e tal com cores neutras mais sem deixar de ser divertido, então para ele começar a se adaptar rebaixei a grade do berço para ele começar a se acostumar com a altura da caminha. Então decidi procurar dicas no meu site preferido que sempre me ajuda demais e acredito que também pode te ajudar nessa fase de transição do seu filho do berço para a cama.

transição do berço para a cama fonte:aqui


Como vou saber qual é a hora de abandonar o berço?


Não há regra para trocar o berço por uma cama (seja de solteiro, seja uma caminha especial para crianças pequenas, a chamada cama júnior ou minicama). A maioria das crianças acaba fazendo essa transição em algum momento entre 1 ano e meio e 3 anos e meio. 

Se você não tem nenhum motivo para fazer a transição, pode esperar até seu filho ter perto de 3 anos. Às vezes, antes disso, a criança não está pronta e acaba estranhando. Em alguns casos, porém, a mudança é necessária: quando a criança não cabe mais no berço, ou é muito espoleta e resolve pular as grades, quando tem mais de 90 cm de altura ou quando há irmãozinho a caminho. 

Ele pulou a grade do berço. Preciso mudá-lo já?


A preocupação com crianças que pulam do berço é legítima, pois a aventura pode resultar em quedas feias. Só tome cuidado para não tomar decisões impulsivas. Não é porque a criança conseguiu escapar um dia do berço que no dia seguinte precise ser transferida para uma cama. 

Pode ser que ele também ainda não esteja pronto para dormir na cama -- afinal, ele terá a liberdade de circular pela casa enquanto todo mundo está dormindo, o que também tem sua dose de perigo. 

Antes de fazer a mudança, veja se o estrado do berço está na posição mais baixa possível. Tire do berço qualquer coisa que possa servir de "escada", como protetores, bichinhos de pelúcia, travesseiros altos. 

Em alguns países existe até uma cobertura de tela especial para evitar que a criança fuja do berço (crib tent), mas é um produto que pode ser perigoso, porque o bebê pode se enrolar na rede.

Solução alternativa: colchão no chão


Quartos de bebê sem berço (às vezes desde o nascimento!) estão se tornando mais comuns. Eles seguem o princípio montessoriano de dar o máximo de independência à criança. Portanto, se você acha que seu filho ainda pode cair da caminha e se machucar, pode experimentar colocar o colchão do berço no chão, ou então um colchão maior, de solteiro.

Assim, se seu filho rolar para fora da cama não vai se assustar tanto. A experiência não precisa ser definitiva. Você pode manter o berço no quarto enquanto testa a nova solução.

Vou ter outro filho. Ele não vai achar que o bebê roubou o berço?


A chegada de um irmãozinho é um dos principais motivos para tirar a criança do berço. Procure fazer a transição no mínimo cerca de dois meses antes do nascimento do bebê. Assim seu filho já estará instalado na cama nova e não achará que o bebê chegou para roubar o berço dele. 

Se a criança ainda for muito pequenininha, no entanto, talvez valha a pena pensar numa outra possibilidade: deixe para fazer a transição quando o bebê tiver 3 ou 4 meses, e enquanto isso coloque-o para dormir num moisés ou berço desmontável. 

Muitos pais acabam se arrependendo de ter tirado a criança cedo demais do berço só porque precisavam liberá-lo para o irmãozinho -- pode ser que pegar outro berço emprestado ou usar um daqueles de viagem cause menos transtorno à família que fazer a transição antes da hora. 



Há crianças que se adaptam rápido e sem problemas, orgulhosas da "cama de criança grande", mas outras têm bastante dificuldade. Nessa fase, a criança está passando por grandes mudanças -- tirar a fralda, novos desafios na escola etc. --, e, se ainda por cima vem vindo um irmãozinho, ela pode se apegar às coisas de quando era bebê, inclusive o berço. 

Quando a criança tem um irmão mais velho, a transição costuma ser bem mais fácil, porque ela está louca para ser como o irmão ou irmã. 

Como fazer a transição


Faça da mudança uma grande coisa, a ser comemorada. Você pode levar seu filho para escolher lençóis novos, ou incentivá-lo a contar para todo mundo que tem uma cama nova, de "menino ou menina grande!". 

Uma idéia é planejar um dia especial, com um passeio ou até uma festinha para os avós. Se o berço tem de sair do quarto, planeje um passeio interessante enquanto outra pessoa faz a mudança (tudo em clima de animação!). 

Existem caminhas especiais para crianças pequenas (alguns berços se transformam nessas caminhas, informe-se com o fabricante do seu). A vantagem da minicama é que ela costuma ser mais baixa, evitando quedas, e mais aconchegante. Mas dura menos, por isso não se trata de um item essencial. 

Caso a cama de solteiro que você já tem em casa seja muito alta, você pode colocar grades (existem grades facilmente acopláveis, presas sob o colchão) e deixar almofadas ou um edredom no chão, ou então colocar o colchão no chão mesmo, por algum tempo. 

Muitos pais gostam de colocar a cama no quarto junto com o berço, por um período, e esperar que a criança manifeste o desejo de dormir lá, normalmente começando com a soneca da tarde. Até que chega o grande dia em que a criança decide ir definitivamente para a cama nova, e o berço já pode ir embora. 

Se você não chamar a atenção da criança para o fato de que ela pode sair da cama sozinha, é bem capaz que ela ainda chame você quando acordar, em vez de simplesmente se levantar. Às vezes demora para "cair a ficha" da liberdade que a cama representa. E, quando ela cai, você vai ter que ter bastante paciência para levá-la de volta várias e várias vezes, até seu filho perceber que não adianta se levantar na hora de dormir, porque hora de dormir é hora de dormir. 

Fiz a mudança, mas ele não está dormindo bem. E agora?


Se seu filho está muito incomodado por ter passado para a cama, tente dar mais alguns dias a ele, com bastante incentivo. Mas, se mesmo assim não adiantar, talvez seja o caso de desistir e colocá-lo de volta no berço. 

Há crianças que simplesmente não estão preparadas para deixar a segurança do berço. Se seu filho dormia bem, e de repente, depois da mudança, começa a ter dificuldade para pegar no sono, levantar 500 vezes ou chorar chamando você, ele ainda não estava pronto. 

Não é vergonha voltar atrás. Não entre muito no mérito da questão, nem o puna. Às vezes é preciso recuar -- algo que também acontece com o desfraldamento. 


Lembre-se de tomar precauções de segurança


Quando a criança pode sair da cama sozinha, ela terá acesso a muitas coisas enquanto o resto dos moradores da casa estiver dormindo. Antes de fazer a transição, assegure-se de que o quarto não tem nenhum objeto perigoso, remédios à mão, armários soltos, janelas sem tela... Nunca subestime a capacidade da criança. Você nunca sabe quando será a primeira vez que ela terá a ideia de arrastar uma cadeira e alcançar as partes mais altas.


E o problema não está só no quarto. Se seu filho não dorme de porta fechada, tome as mesmas precauções no restante da casa, e de preferência feche o acesso à cozinha, porque é lá que está boa parte dos perigos.

Fonte: Baby Center

20 março 2017

Pressão Psicológica

Oi pessoal tudo bem? Hoje vamos falar sobre pressão psicológica na sociedade que vivemos hoje em dia vivemos pressionados o tempo todo não é verdade? A sermos alguém que não somos, muitas vezes a nossa opinião é questionada, o nosso jeito de ser de se comportar em sociedade e isso acaba sendo muito incomodo.
PRESSÃO PSICOLÓGICA fonte:aqui
Definição de pressão psicológica:  Pressão psicológica é uma tortura emocional que pode ocasionar consequências das mais desastrosas, isso porque nem todas as pessoas possuem força suficiente para suportar e reagir a essas bombas relógio que são instaladas em nossa mente. Umas procuram com paciência e sabedoria desarma-las, e uma grande parte fecham os olhos e aguardam o som da explosão. Fonte: familiasim.com.br/

Então gente como diz acima é uma tortura emocional você ser pressionado o tempo todo para seguir o padrão que a sociedade te impõe  no vídeo da semana falo sobre e faço um pequeno desabafo sobre o assunto. Espero que gostem para ver mais videos e só se INSCREVER NO MEU CANAL AQUI.




03 março 2017

As gripes da creche


gripes da creche fonte

Oi gente tudo bem, hoje eu vou falar das gripes da creche e já justificando o meu sumiço aqui do blog e do canal o Adryan tem gripado desde o ano passado, em outubro do ano passado o Adryan começou os dois meses de "adaptação" na creche não passou nem 1 mês e gripou logo, teve crise de garganta e ficou pouco tempo na creche, esse ano as aulas começaram em fevereiro ele estudou uma semana e na seguinte ja gripou e esta se recuperando agora. Como ele não mamou acho que a imunidade dele é baixa por ele adoece tão rápido, é um sofrimento todo mundo fala que é normal que até os 5 nos ele mais ele perdeu e peso e está bem molinho por isso não tem post esses dias.Decidi pesquisar no site baby center e lá encontrei algumas dicas para ajudar a prevenir ou diminuir a frequência dessas gripes tão chatinhas que as crianças pegam na creche.

Nos dias atuais, muitas vezes a única alternativa é deixar a criança em uma escolinha ou creche. Para diminuir o risco de uma criança ficar doente, cabem algumas recomendações no critério de escolha de onde deixar o seu filho:
  • permanência de poucas crianças por sala para que não fiquem muito confinadas;
  • ter boa ventilação, espaço adequado e receber sol;
  • ter revestimentos dos pisos e paredes de fácil limpeza;
  • os funcionários que cuidam das crianças devem ser bem treinados e orientados, e com a carteira de vacinação em dia, incluindo, de preferência, a vacina sazonal contra a gripe;
  • haver comunicação clara e transparente entre a escola e os pais;
  • ter como orientação não deixar crianças doentes frequentar a creche ou escolinha;
  • ter supervisão pediátrica, para orientar funcionários e solucionar problemas de saúde que possam surgir. Não é necessário ter pediatra de plantão, a não ser que seja uma escola com um número muito grande de crianças;
  • ter alguém preparado para cuidar de machucados, cortes e doenças simples, de preferência um profissional treinado na área de enfermagem, ou pelo menos alguém que tenha noções de primeiros socorros.
  • analisar se os cuidados recebidos na creche são os mais próximos possíveis daqueles recebidos em casa.

Lembre-se também de manter a vacinação da criança em dia. E faça todo o possível para não mandar seu filho doente para a escola, para ele não contaminar as outras crianças e não correr o risco de pegar uma coisa diferente, já que estará meio debilitado. 

Desde o princípio, já é preciso pensar num "plano B", uma alternativa para quando ele estiver doente e não puder frequentar a creche. Tomara que isso quase não aconteça, mas crianças são crianças e de vez em quando não tem jeito, ficam doentes mesmo. 

Então gente espero que tenha gostado do post um beijo e até o próximo post.

Fonte: BabyCenter post completo aqui


27 fevereiro 2017

wishlist de aniversario 2.5



Oi pessoal tudo bem? No dia 10 eu chego aos 25 anos, acho que é um boa idade agente já está mais maduro posso dizer que minha cabeça hoje e outra totalmente diferente da de 5 anos atras antes de ter meu filho e tal,se desse pra fazer um pedido especial de aniversario com certeza seria a saúde do meu filho essas ultimas semanas ele tem estado bem doentinho, mais não cabe a mim não é mesmo. Enfim já que eu não posso escolher esse pedido tem umas coisinhas que eu tenho desejado nos últimos dias rs algumas eu acho que vou conseguir outras não, mais pra não perder o costume aqui vai minha wishlist de aniversario.



1.Tênis nike aqui : Esse mês em nome de Jesus volto para a academia e para o nutricionista então o tênis vai ser meu companheiro nessa empreitada rs. 

2.Suqueira de vidro aqui : Já para guardar para a casa nova.

3.Quadro para a proxima viagem aqui : Estou precisando demais viajar, respirar outros ares, ver coisas novas então o quadro além de lindo vai servir de cofre para ajudar para a viajem.

4.Luminária de abacaxi aqui : Ano passado pedi uma de sorvete mesmo assim não ganhei 😩 esse ano como quero ser fitness vou de abacaxi.

5.Batom nude Eudora : Gente eu amo os produtos da eudora e os batons nudes são MARAVILHOSOS.

6.Chocolate cacau show: Chocolate nunca é demais né.

7.Caneca aqui : Eu amo canecas um dia vou fazer uma wishlist só de canecas.

Gente é isso essa é minha wishlist de aniversario espero que tenham gostado das minhas escolhas um beijo e até o próximo post.


 
Layout criado e codificado para o blog Fabiana Carvalho | Cópia proibida © 2015